Assecor

Responsabilidade fiscal e controle de despesas, vice-presidente da Assecor faz análise do Auxílio Brasil em artigo para Folha

Roseli Faria destaca que benefício não é o principal risco ao teto de gastos

Em artigo publicado para a Folha de S. Paulo, em conjunto com a Coordenadora institucional da ANDEPS, Ariana Frances Carvalho Souza, a vice-presidente da Assecor, Roseli Faria, fez uma análise sobre o auxílio de R$400 anunciado pelo governo esta semana. O nomeado Auxílio Brasil, substituto do Bolsa Família, gerou alarde por extrapolar o teto de gastos estabelecido pela responsabilidade fiscal.

A vulnerabilidade social ganha destaque no artigo, que reforça o compromisso social o qual o governo deve priorizar em conjunto com a economia, de acordo com as autoras. Ainda sem esquecer o compromisso econômico, juntamente da responsabilidade fiscal, o artigo sugere que o caminho para evitar reações negativas no mercado, como ocorreu com o anúncio do Auxílio Brasil, é o planejamento orçamentário adequado que inclua as políticas sociais.

Confira o artigo na íntegra, acesse https://bit.ly/3ChCKVd

Comentários por Disqus